Pages

6 de ago de 2011

Ergo Proxy

A história de Ergo Proxy se inicia quando Real Mayer, neta do prefeito de Romdo e investigadora do Citizen Information Board é enviada para investigar um caso de assassinato realizado por um destes autoreivs infectados pelo cogito. A partir daí ela passa a encontrar indícios de um monstro na cidade e se depara com segredos que irão mudar a sua vida para sempre. Além disso, ela tem que lidar com o governo, que quer que ela interrompa suas investigações.
Sem entender muito qual o motivo surge outro personagem que é o imigrante Vincent Law. Ele queria apenas se tornar um cidadão modelo, fazia de tudo para se adequar aos padrões, mas se vê envolvido com um monstro e é forçado a ir em busca de respostas.






Tudo se passa no futuro, em um mundo destruído. Construída dentro de um domo que protege de uma terrível doença existente no mundo exterior, a cidade de Romdo é considerada o último paraíso por seus habitantes, humanos e robôs chamados autoreivs. Seus moradores tem completo controle de si mesmos e não precisam ter sentimentos. Freqüentemente imigrantes vindos de outros domos decadentes vem tentar a vida em Romdo e trabalham para se tornarem cidadãos.
Apenas uma coisa atrapalha o "perfeito" modo de vida de Romdo: um vírus, conhecido como Cogito, pode infectar os autoreivs, dando-lhes consciência de sua existência e podendo levá-los a matar ou fugir da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário