Pages

18 de ago de 2011

Animax: o máximo em animação japonesa!

Eu nunca curti o Sergio Peixoto, mas admito: eu sempre curti o trabalho da Animax.
A animax foi uma revista que sempre tratou de modo humorítsico e bem informativo sobre animês e mangás. Com uma linguagem moderna e direta esse trabalho sempre foi ótima.




Fazendo coisas novas, ou nem tanto, para uma revista do estilo. Entre elas, ler as cartas, divulgavam fanzines, faziam anúncio de escambos e de fã-clubes. E vários desenhistas surgiram dela como Érica Awano, Edu Francisco (Eduardo Francisco), Ulisses, Lilian, Rogério Hanata, Rafael Picardt, Lidia Oide, e um monte de gente competente. É lógico que com isso eram divulgado eventos de anime dos mais diversos tipos.
Acho que um dos motivos que me fez curtir muito o Sérgio Peixoto (^^) foi o fato de não ter reagido ao Marcelo del Grecco. Ele brigou com o coitado, por não ter aguentado críticas sobre ele e sua revista. Acho que na época ele trabalhava na revista Herói. Cara, não aguenta não desce pro play.
Até hoje em dia a Animax é uma referência para mim em comunicação.

2 comentários:

  1. Além de informar os animes, OVAs e outros, também fazia criticas contra animes ruins, grandes conselhos e divulgação de fanzines.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre gostei dela. As vezes não concordava com alguns aspectos e pensamentos do Sérgio Peixoto, mas admito: é leitura obrigatória para quem gosta de mangás e animes - old school ou não.

      Excluir