Pages

30 de abr de 2011

Neon Genesis Evangelion e Matrix (ou a revolução dos cinemas)

Muitas pessoas olham para um anime e pensam "que legal meu anime favorito é muito bom". Então essas pessoas devem tudo a Yoshiuki Sadamoto, o criador de Neon Genesis Evangelion.
Muitas vezes, os animes sempre foram vistos como coisas de criança. Porém, sabemos muito bem que não é assim. Existiram e existem estudios muito competentes (TRON, Ghibli, Mad House e Clamp, por exemplo) que sempre fizeram animes muito bons, que sempre foram desprezados. O que ocorria é que muito do mercado internacional visava o gosto shounen (garotos que queriam ver lutas grandiosas como DBZ, CDZ ou Hokuto no Ken), o que prejudicava a já horrivel visão da animação fora do Japão.
Mas com a premissa de anime shounen, Evangelion alavancou o mercado de animes em todo o mundo. Isso com questões tão utilizadas nas obras hollywodianas, como a questão da existência de Deus. Isso num pais onde as religiões mais fortes são o budismo e o xintoismo. E foi um fenômeno!
Posso sim dizer, que muitos outros autores devem seu sucesso internacional ao tio Yoshiuki. Eu não conquistaria meu traço em desenhos se não conhecesse a história completa de Rurouni Kenshin!
Mas por quê o comparei a Matrix? Bem... como imaginam, esse anime foi um divisor de águas entre os mercados internacionais. Depois disso pudemos ver um Gundam tão bom, que o cenário pode até não ser verossimil, mas o fundo político e filósofico é! Ghibli e o grande Miyazaki, ficaram conhecidos tão bem, que um de seus filmes foi cotado ao Oscar de animação. Isso não parece com um filme de uns certos irmãos, que questionam a realidade? Eu penso que sim. O que torna tanto o filme como anime um verdadeiro revolucionário em suas respectivas categorias!











Sempre fomos e sempre seremos tratados como fãs de um hobby, as vezes bobo, as vezes superfluo, mas sempre me lembro do seguinte: eu curto certas coisas pois elas tem conteúdo! Muitos amigos não gostam dos tipos de animes que curto. Boa parte não é fã de anime! Mas os que REALMENTE gostam de anime, discutem e falam comigo. Me mostram suas teorias, assim como eu sempre mostro as minhas. E se querem que eu mude meus conceitos, mostressem propensos a entender os meus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário