Pages

12 de abr de 2011

Cenários de campanha:Krynn, a terra de Dragonlance





Hoje vou falar de DragonLance, que é sem dúvida uma grande referência em termos de livros para os gamers que sejam fãs do estilo RPG, para todos os que tiveram a oportunidade de jogar Dungeons&Dragons em tabuleiro e para todos os que adorem livros de High Fantasy, muito ao estilo da literatura que o gigante Tolkien nos proporcionou e que nos trouxe franchises de sucesso como o Senhor dos Anéis.
O universo de DragonLance foi criado originalmente pela Laura e pelo Tracy Hickman, mas quem realmente elevou o conceito ao que temos hoje em dia foi uma parceria (em termos de escrita) entre o Tracy HickMan e a Margaret Weis.
O universo de DragonLance situa-se no mundo (fictício) de Krynn, cujo continente mais usado nas aventuras presentes nos livros é Ansalon.
O sistema de deuses criado para este universo, acabou por se tornar numa verdadeira referências para tanto livros como jogos, e consiste em 3 deuses, Paladine, o deus que representa o bem e a justiça; Gilean, que representa a neutralidade; e Takhisis, a deusa que representa o mal.
Este universo é rico em raças, apresentando as mais conhecidas como Humanos, Elfos, Anões, e claro está, Dragões, mas também outras menos conhecidas/usadas nos dias de hoje, como Kender, Gnomos, Minotauros e Draconians.
Em 1984, foi lançado o primeiro livro desta saga, Dragons of the Autumn Twilight, que marcou o início da trilogia Chronicles, que é a base da maior parte das restantes histórias e que portanto aconselho a ser a primeira trilogia a ler para quem ainda não teve contacto com Dragonlance.

Nenhum comentário:

Postar um comentário