Pages

24 de fev de 2011

Pierrot

Algumas bandas são completamente injustiçadas quando vistas pelo público ocidental, e considero Pierrot uma delas. Talvez a culpa nem seja do público (ou talvez seja mesmo, minha implicância com o público geral de Visual Kei sempre fala mais alto, sendo no Brasil, Japão ou Bandar Seri Begawan), mas sim da distância provocada pela língua que impede o total entendimento das músicas.
Resumindo: as letras do Kirito são realmente muito boas. E o Pierrot acabou, mas ele continua em sua carreira solo e no Angelo, também conhecido como Pierrot 2.0.





Procurei traduções em português em uma quantidade considerável reunidas em um único lugar, mas não achei, então vai pelos restos mortais do Centrigade-J mesmo. Pra quem já conhecia o Centrigade-J mas não sabe que fim levou, o cara faz algumas traduções ainda no novo blog dele, o Utau Inu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário