Pages

8 de abr de 2012

Le Portrait de Petit Cossette




Eiri é um ajudante em uma loja de antiguidades. Um dia, ao desempacotar um copo antigo, ele começa a ter visões de uma bela garota dentro do copo. Com o tempo, ele acostuma-se com o acontecimento e o fato de que apenas ele tem tais visões. Depois de exames médicos e psicológicos, tudo parece normal, até que um dia a garota sai do copo e faz um pacto de sangue com Eiri, ela é Cossette, que morreu assassinada pelo noivo decadas atraz.

"Quem me amaria tanto, a ponto de renunciar sua própria vida? Se alguém se afogasse no mar por minha causa... Nesse instante eu seria libertada dessa pedra. Devolvida à vida. Poderia voltar a viver. Mas... se algum dia eu fosse trazida de volta à vida pela pessoa mais querida que possuo. Nessa hora, eu ia chorar solitária. Choraria só, procurando pela minha pedra.

Mesmo que meu sangue fosse tão doce como vinho, quão admirável seria? Afinal, não posso trazer de volta das profundezas do oceano a pessoa que mais me amou."

Nenhum comentário:

Postar um comentário