Pages

17 de mar de 2012

Híbridos nos EUA

Aquilo que muitos pensam é como alguns desenhos (americano quase sempre) se parecem tanto com animes. Isso se deve sempre por dois motivos:




-Os desenhos são inspirados nos trabalhos japoneses.
-Os desenhos são hibridos! Explico: parte da produção é japonesa, e a maioria é feita na America (assim como Silverhawks e Tundercats clássico)
Isso criou em algumas produtoras (a partir de 2005) a vontade de criar histórias com animações mais elaboradas. A prova disso é Avatar: A lenda de Aang

Um comentário:

  1. Tem muito mais fatores..., a grande verdade que o mangá já é na sua essência, um hibrido do strips comics e dos cartoons norte-americanos! O que houve de fato é que o mercado americano de quadrinhos e animações tava a um bom tempo em uma baita crise que se acentuou nos anos 90, tanto que abriu espaço para ascenção da cultura mangá-anime lá, dai o mercado japonês começou a tomar as bancas e o consumidor, de modo que Marvel e DC começaram a investir no hibrido, visto que desenhistas, como Adam Warrem, já se destacavam como um influentes desenhistas hibridos no seu país.
    Logo nos anos 2000 a onda tomou de vez o mercado de animação americano.
    É verdade que muitas animações americanas já contavam com parte de sua produção no Japão e isso na época que o Japão era gigante e queria estreitar laços comerciais com américa.

    ResponderExcluir