Pages

21 de mar de 2012

Death Note - L change the world

Uma organização bioterrorista planeja utilizar um novo e mortal vírus para exterminar grande parte da humanidade, e apenas o detetive será capaz de solucionar este surpreendente caso. Porém, ele terá de pôr à prova toda a sua capacidade dedutiva para salvar o mundo o mais rápido possível, pois lhe restam somente 23 dias de vida.Publicado em 2007 no Japão, a trama mostra o misterioso bastidor do local onde L foi criado, a Wammy´s House, um orfanato que reunia crianças muito inteligentes de todo o mundo e lhes fornecia educação especializada. Além disso, finalmente proporciona aos fãs da série a chance de ver o detetive – conhecido por nunca se envolver diretamente nos casos que soluciona – em verdadeiras cenas de ação, dirigindo carros em alta velocidade, escapando de armadilhas e lutando com criminosos.
Escrito depois do lançamento dos dois primeiros filmes da série Death Note, Death Note: L Change the World é, na verdade, uma história alternativa que concluiu a trama da trilogia nos cinemas. A obra também foi lançada nos Estados Unidos pela editora Viz, em 2009.
O autor: M - Idade e gênero não revelados. Altamente conceituado como um autor de ponta com ideias arrojadas e técnica firme de narração de histórias. Tomou parte no “Projeto L” depois de ser consultado pelo produtor, que conheceu o trabalho de M.


O mangá foi escrito por Tsugumi Ohba e ilustrado por Takeshi Obata. Lançada em 2003 no Japão, a revista foi sucesso de público, inclusive em outros países. No Brasil, Death Note foi publicado pela JBC. Ganhou ainda versões nos cinemas e em anime.


Death Note – L Change the World tem 192 páginas, formato 14 x 21 cm e custa R$ 29,90. Já nas livrarias, comic shops e grandes bancas. Publicação direcionada a maiores de 18 anos.
A editora JBC traz ao Brasil mais um intrigante caso de L, o maior detetive do mundo. Baseado na obra original de Tsugumi Ohba e Takeshi ObataDeath Note – L Change the World narra o último e fatídico caso de L.
A JBC é a única editora do Brasil especializada em assuntos japoneses, considerada a maior editora de mangás em nosso país. Foi criada em Tóquio, em 1992, onde lança publicações em português para o público nipo-brasileiro que trabalha lá. Em 2001, lançou seu primeiro mangá no Brasil, Samurai X.
Death Note conta a história do estudante Light Yagami, cujo destino é alterado quando encontra por acaso um caderno sobrenatural. Deixado na Terra por Ryuk (um deus da morte), o bloco de anotações permite que seu usuário mate qualquer pessoa somente ao escrever seu nome nas páginas amaldiçoadas. Com a intenção de criar um mundo melhor, Light utiliza as informações contidas na contracapa para se tornar um justiceiro e eliminar criminosos. No entanto, quando bandidos começam a morrer um a um, as autoridades designam o lendário detetive para cuidar do caso e descobrir quem é o responsável pelas mortes. Assim se inicia uma batalha de descobertas e decepções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário