Pages

29 de jul de 2011

Variantes: Estilo gótico


Muitas bandas famosas no j-rock usam estilos variados inspirados no que alguns chamam de gótico.
Entre as bandas podemos citar algumas como Versailles, The Gazette, X-Japan (no começo me refiro) e outras tantas. Mas a maior referência sobre isso são as bandas Moi Dix Mois e Malice Mizer. É evidente demais o estilo nelas!
Mas vamos falar sobre esse estilo:
Devemos pensar essencialmente sobre o rock gótico de grande influência sobre os jovens dos anos 80
Rock gótico é um subgenêro do rock que surgiu no fim dos anos 70 e música característica da subcultura gótica, inspirado essencialmente na atmosfera decadentista do pós-punk e em sua emergente estética.
Vamos falar sobre o goticismo agora.




Goticismo é uma subcultura, estilo e maneira de pensar. Isso parece bem pretensioso, mas há outra faceta do Goticismo. Umas das principais coisas da cultura gótica é a apreciaçãoo pela dicotomia da vida, o contraste entre a luz e o escuro, o bem e o mal, coisas das quais uma não poderia existir sem a outra, e os valores tradicionais de julgamento ligados a estes opostos não são necessariamente verdadeiros. Os góticos tem uma tendência de ter um senso de humor perverso e negro, um amor platônico na literatura e musica. Tentar colocar os góticos em "tipos de pessoas" seria impossível. Os interesses, estilos e suas atividades são as mais diversas possíveis. As vezes, as roupas podem ser uma dica, mas nem sempre. Apenas procure por algum "sinal de escuridão"- este são o fator mais confiaveis. A subcultura gótica frequentemente envolve a cena musical, mas pessoas leigas os confudem com punks (pode acreditar). Muitas bandas góticas clássicas, como Siouxsie and the Banshees e Damned foram originalmente consideradas punks.

A música não é a única arte dos góticos. Todos os tipos de manifestação artística por parte de góticos são sempre bem vindas e encorajadas. Muito da cultura gótica ésuperficial, artificial e pretensioso, e isso não é ajudado pelo fato de muitas pessoas que se consideram "góticos de verdade" repudiam os que eles consideram "posers". Alguns dos jovens que agora se consideram "góticos" sair do Goticismo e ir para outras coisas. Outros não. Outros ainda continuarão, mas se sentindo estranhos na cultura "normal", e irão se redescobrir quando encontrarem algo que os lembre da cultura e do pensamento gótico. Mas também existe uma grande parte desta cultura que é rica e pensadora. Os góticos leem coisas como Dante, Byron, e Tolstoy - não porque eles "devem" ler, mas porque eles querem ler. Também costumam assistir filmes mudos de expressionistas alemães e relatar detalhes como outras pessoas poderiam falar dos filmes de Hollywood.

Nenhum comentário:

Postar um comentário