Pages

24 de mar de 2011

Perfil: Maes Hughes (Full Metal Alchemist)









Soldado honrado, estrategista exemplar, grande pai de família, apaixonado por sua mulher e por sua filha, isso são apenas alguns dos pontos bons do atrapalhada, do extravagante, do sorridente Maes Hughes.
Ele surgiu como um personagem coadjuvante do anime Full Metal Alchemist, mas se tornou um dos personagens mais queridos do anime e protagonizou as cenas mais engraçadas e também mais tristes do anime.
Loucamente apaixonado por sua filha, faz questão de mostrar a todos que puderem o quanto se orgulha da bela filhinha Elicia Hughes. É casado com Gracia Hughes. Hughes foi muito marcante durante sua passada pela história de Hagane no Rekinjutsushi (Full Metal Alchemist, ou FMA), porém a cena mais marcante que protagonizou não foi nenhuma de suas hilariantes  cenas em que exbanjava orgulho de sua filha, mas sim a cena de sua morte.
Hughes é considerado por Roy Mustang (um dos persoangens principais de FMA)  seu maior aliado e também seu melhor amigo. O objetivo de Hughes era fazer Mustang se tornar o  novo Führer (Cargo mais alto do Exército), desde que presenciou junto de Mustang a guerra de Ishbar, um dos maiores massacres da história do exército.
Hughes foi morto ao descobrir informações importantes sobre os homunculus, seres imortais criados através de uma alquimia poibida, informações que poderiam abalar a credibilidade do exército. Antes de morrer Hughes lutou bravamente, mas não conseguiu enfrentar a metamorfa homunculus Envy (Inveja) que se transformou na querida esposa de Hughes, Gracia.
As cenas do enterro e da morte dele não fez apenas a família de Hughes, nem Roy mustang, nem os demais personagens do anime triste, mas fez toda uma nação de otakus triste. São duas das cenas mais tocantes das animações do século 21, e por isso tudo Maes Hughes é muito mais que um coadjuvente, ele é um personagem marcante, um personagem símbolo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário