Pages

4 de ago de 2012

Meu "Top Five" de referência do Brasil em cultura japonesa


Carlos Oliveira (Resident Evil 3: Nemesis) O mercenário está trabalhando para o Serviço de Medidas Especiais de Bio-Perigo Umbrella (UBCS). Duas equipes são enviadas a Raccoon City para salvar os sobreviventes (Operação Chacal Enfurecido), mas não imaginavam o que teriam que enfrentar. Sendo o único sobrevivente de sua equipe, e um dos únicos de toda a operação, Carlos terá que unir forças com Jill, que parece estar mais preparada para tudo o que está havendo na cidade. O melhor soldado de sua unidade também é quase morto por Nicholai um traidor da equipe. Carlos, assim como Barry Burton no resident evil 1 e Ada Wong no Resident evil 2, é um personagem que dentro do enredo do jogo, age sempre em situações pontuais, aonde seria necessária alguma habilidade especial que o personagem central eventualmente não possui ou está incapacitado a fazer. Por isso, confunde-se muito o perfil de Carlos, associando-o a sujeito covarde que sempre foge a qualquer sombra de perigo.
Alucard passa pelo Brasil (Hellsing) Num dos episódios mais complicados dessa série, o vampirão Alucard enfrenta um enorme grupo de inimigos. Problemas: eles são humanos! Ele então liga para a lider do grupo Hellsing e pergunta o que deve fazer. Matar humanos vai contra a ética e perder o vampiro é impensavel. Então ela toma a decisão de deixar Hellsing fazer o que achar melhor. Chuta o que aconteceu? Sangria...
É um dos melhores episódios pois mostra que boa parte dos personagens perdem pouco-a-pouco a humanidade
 
Amazônia (Kamen Rider Amazon) Um avião cai na floresta amazônica e o único sobrevivente era um recém nascido japonês, Daisuke Yamamoto, que foi encontrado por um sacerdote que o adotou e lhe deu o nome de Amazon. Anos mais tarde, o sacerdote, em um ritual de magia, deu-lhe poderes para se transformar em uma selvagem e sanguinária forma de homem réptil. No interior da floresta havia surgido uma entidade demoníaca conhecida como Geddon, um exército de criaturas em forma de animais lideradas por Gorgos, o demônio de dez faces. Amazon possuía um bracelete que lhe dava seus poderes, enquanto Gorgos detinha a outra metade desse bracelete especial e queria a metade que o herói guardava consigo, pois com as duas metades juntas, o seu portador ganharia poderes extraordinários. Após Gorgos matar o sacerdote, Amazon viaja até o Japão como passageiro clandestino de um navio de luxo. Mas quando chega lá, depara-se com Gorgos e passa a enfrentar o Império Geddon.
No início, Amazon era como um peixe fora da água, andava quase nu pela cidade trajando apenas com um tanga e sandálias feitas de couro e cipó, era meio desconfiado da tecnologia e ficava ressabiado quando via uma TV ou rádio ligado. Amazon também não entendia nada de japonês e por isso se comunicava com gestos, grunhidos e caretas. Mas conforme o tempo passava ele aprendeu a viver no mundo novo, começou a falar japonês corretamente, dirigir moto, e até ganhou uma roupa nova feita com trapos velhos e rústicos, mas que cobria melhor seu corpo.
Nas primeiras lutas, Amazon se comportava como um verdadeiro animal, em vez de socos e pontapés ele se defendia com arranhões, mordidas e coices. Amazon durante as lutas tinha a mania de guinchar, não dizia absolutamente nenhuma palavra, era realmente como um animal, muitos gritos e berros. Quanto mais nervoso ficava mais agudos e forte eram os guinchos de Amazon. Mas conforme a sua evolução o estilo de lutar mudou, e isso foi interessante de presenciar na série, ele começou a deixar as mordidas e unhadas de lado e aprendeu a lutar que nem um artista marcial, usando golpes menos animalesco, até desenvolve um ataque especial, o Dai Setsudan, ou Grande Fatia em português, era um fortíssima braçada que detonava o inimigo mutilando-o. Amazon até desenvolveu um "Rider Kick", só que quando ele usou esse golpe unicamente no episódio 22 ele gritou Amazon Kick.


Aldebaran de Touro (Saint Seiya) Único Cavaleiro do Brasil (Eeeeeeeeeh preconceito). Apesar da aparência “assustadora”, Aldebaran é um Cavaleiro extremamente amigável e sentimental. É amigo de Mu de Áries, em quem confia bastante, e parece se dar bem com os demais companheiros das Doze Casas. É também muito honroso e nunca temeu perder a própria vida em prol de Atena. Devido à sua curta participação e derrotas consecutivas, é considerado um Dourado injustiçado, que não teve todo o seu potencial explorado. Ganha muito respeito pelos Cavaleiros de Bronze depois de ver a determinação com que lutavam pelo amor e pela justiça (Huuuuuum boiola! kkkkkk).


Blanka (Street Fighter) Sabe-se que seu nome era Carlos (Jimmy, no oriente, o que já seria incorreto. Um brasileiro chamado Jimmy? Improvável!). Mas enfim, sabe-se que Carlos estava em um avião, quando este foi atingido por um raio e caiu no meio da Floresta Amazônica. Carlos foi o único sobrevivente. Criados por animais, ele perdeu sua humanidade e se tornou monstruoso e violento

Nenhum comentário:

Postar um comentário