Pages

20 de jun de 2013

Itou Kanako - Sky Clad Observer



Hackeando o Portal

Mesmo os bilhões de pulsares do mundo,
Nada são para você além de algo efêmero e insignificante.

Podemos estar presos ao passado ou lamentar o futuro,
Mas o destino não permite o menor erro.

Os ‘’infinitos’’ sonhos e futuros imaginários diante de nós
São nulos, mas em vãs teorias nos agarramos.

Os ponteiros do relógio mostram o ‘’finito’’
Enquanto apontam um destino e escolhas cruéis.

Hackeando o portal!

E a cada segundo agora atravesso a fronteira entre os mundos,
Pois quero proteger o seu sorriso.

E mais uma vez o fluxo do tempo, sem tristeza,
Envolverá a mim, observador solitário.

Teorias ínfimas e evidências sem sentido
São insuficientes para entretê-lo.

A raça humana se acha soberana
Com suas teorias pretenciosas e infantis.

O amor que acreditávamos ser ‘’infinito’’ como o céu
Nos dava uma sensação virtual de liberdade.

‘’Finito’’ é a passagem implacável do tempo
Faça a escolha para repudiar o amanhã.

Hackeando o portal!

As promessas que fiz aos meus amigos em uma época brilhante,
Não devo agir como se eu não as tivesse feito.

Não me restam dúvidas de como enganar o tempo
Mesmo eu sendo um observador solitário.

E a cada segundo agora atravesso a fronteira entre os mundos,
Pois quero proteger o seu sorriso.

E mais uma vez o fluxo do tempo, sem tristeza,
Envolverá a mim, observador solitário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário